Ilha do Guajiru

» INFORMAÇÕES:

Localizada na pequena Itarema, a Ilha do Guajiru é um paraíso para ecoturistas e amantes de esportes aquáticos Bem próximo do centro de Itarema, em direção ao mar, a visão é mágica. De cada lado da estrada de barro batido, terras baixas, mangue e um imenso lagamar. Ao fundo, um paredão de coqueiros e palmeiras em moldura verdejante. A estrada parece correr para um tesouro. O visitante está chegando à Ilha do Guajiru. Tudo bem! O lugar é, na verdade, uma península com ecossistema quase virgem, mas ninguém vai querer abrir mão dessa fortuna natural. O cenário parece pequeno, mas logo seduz pela beleza e tranquilidade. A sensação de paz invade corpo e alma. Os sons da natureza dominam o ambiente. À frente, uma longa faixa praiana, a Barra, onde coqueiros se espalham em linha reta paralela ao horizonte; um lago cristalino no meio e mais uma faixa de areia que finda ao encontro com o Atlântico. Mas, ilhas conservam mistérios de todas as ordens que Deus desenhou. Em Guajiru, cabe ao visitante desvendá-los como um verdadeiro Robinson Crusoé ou melhor ainda: viajar nesses enigmas impenetráveis à razão. Muitos amantes de esportes aquáticos que ali chegam a cada período de folga prolongada buscam entender: como não descobriram este paraíso antes? O cenário é festivo para os praticantes de kitesurf e windsurf, sejam profissionais ou amadores. Com ventos regulares durante oito meses ao ano e o extenso lago entre a península e o continente à disposição, os esportistas se sentem na terra sonhada. O tesouro foi encontrado. Eis o eldorado das águas e ventos. Na verdade, permanecer na Ilha do Guajiru é correr o risco de tornar-se atraído por esportes aquáticos, fascinantes no destino. Há recantos guardados para todas as modalidades. O grande lago é o "point". Com quatro quilômetros de extensão por 500 metros de largura, se oferece para atividades diversas dentro e fora d´água. Kitesurfistas e windsurfistas se esbaldam em manobras radicais pela área, festejando o tempo livre para bem-viver. Os estrangeiros apelidaram o lago de Flat Water Sea (flat água do mar). O lago também tem espaços generosos para adeptos de kiteboarding (skates adaptados para areia), canoagem, pescaria, natação e passeios de canoa. Ciclismo, passeios a cavalo e de quadriciclo são opções nas margens do manancial. Em caminhadas ou em canoas se chega a outros pontos da ilha propícios à natação e mais esportes na água, como a Praia das Dunas, o encontro entre rio, dunas, mangue e mar e a praia de Guajiru, a maior da ilha, com areia branca de dunas. No lagamar ou no oceano é hora de apreciar pescadores locais no trabalho incansável e diário de captura de peixes, caranguejos, lagostas e muito mais.

»ATRAÇÕES:

  • Ecoturismo
  • Kite surf
  • Praia da Barra